Fruits

Fruits

sexta-feira, 30 de abril de 2010

BULE E BOLO





BULES DE CHÁ





SER FELIZ É......


Acordar e ter que trabalhar...ou estudar...
Ver a caixa do correio cheia ...
Ter um monte de recados na secretária...
Mas no meio deles, um que diz:
"To morrendo de saudades de você!"
Ver que no almoço a mãe fez salada de beterraba...
Mas o prato principal está apetitoso e é o seu preferido!
Estar num transito terrível na Marginal
Mas ligar o rádio e ouvir a sua música predileta tocando,
lembrando de alguém especial!
Brigar com o cachorro porque ele comeu seu sapato...
Mas ser recebido por ele com uma festa todos os dias quando você chega em casa!
Ser feliz é chegar em casa exausto...
Mas ainda assim ser arrastado pra balada por uma porção de amigos!
Enfim, ser feliz é ter um monte de problemas, mas ser capaz de sorrir com as pequenas coisas do dia-a-dia !!!
Ser feliz é ........
Reconhecer que temos pessoas especiais ao nosso lado....mesmo estando a quilômetros de distância.
Ser feliz é ter amigos assim, tipo ...v o c ê !!!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

quarta-feira, 21 de abril de 2010

SUCULENTAS E CACTUS

Os cactus e as suculentas em seu habitat natural, o solo pode ficar seco a maior parte do ano e o regime de chuvas são anuais e sazonais, podendo ser inexistente por vários anos.
Isto torna os cactos e as plantas suculentas também muito resistentes e com capacidade de reter a umidade para garantir sua sobrevivência



Cactus.....





sexta-feira, 16 de abril de 2010

sábado, 10 de abril de 2010

DOCES e mais DOCES





GULOSEIMAS...diversão das crianças

Caramelo. Bombom. Chocolate. Algodão doce. Chicletes. Quebra-queixo. Maçã do amor. Biscoito. Sob mil nomes, cores e formas, as guloseimas se espalharam pelo mundo todo. Como defini-las? Não é uma tarefa fácil, dada a sua infinita variedade, não é fácil. Pode-se dizer que são iguarias doces e (geralmente) de tamanho pequeno, que mais satisfazem um capricho momentâneo do que alimentam.

Elas existem desde a mais remota antiguidade: sabe-se que tanto os persas, como os chineses e egípcios cobriam cereais e polpas de frutas com mel endurecido.

Mas foi na Índia que surgiram as primeiras guloseimas feitas de cana de açúcar. Com a descoberta da América, foi a vez do chocolate.

Hoje, as guloseimas são combinações criativas, surpreendentes e coloridas de açúcar, mel, chocolate, cereais, leite, baunilha, frutas e outros produtos da natureza. E outros não tão naturais também: os edulcorantes artificiais, por exemplo, foram incorporados à industria de doces nos últimos tempos.
O primeiro produtor mundial de caramelos e afins é uma empresa argentina, Arcor. São 30 fábricas em seu país, outras 11 espalhadas pela América Latina, que exportam para nada menos que 120 países.

E qual é o país mais adora doces? A Dinamarca. Um dinamarquês consome, em média, dez quilos de guloseimas por ano. E não é de graça: calcula-se que eles gastem mais de 213 euros por ano se empaturrando de doces. Também são grandes consumidores os noruegueses, os suecos, os finlandeses e, um pouco mais abaixo no mapa, os suíços, considerados os reis do chocolate.

Então so nos resta saborea-los